PLANOS DE PREVENÇÃO E CONTROLO DE LEGIONELLA


A Legislação em vigor obriga todos os estabelecimentos públicos e privados, desde que estejam abertos ao público, a realizarem Planos de Prevenção e Controlo de Legionella e Monitorização e Tratamento de Água.

A Ecofirma é pioneira a desenvolver estes planos, de acordo com a Lei n.º 52/2018 de 20 de Agosto.

SOLUÇÃO ECOFIRMA PARA A PREVENÇÃO DA LEGIONELLA

Em sistemas de abastecimento de água existem riscos sanitários para os usuários, na medida em que uma contaminação em algum ponto da rede poderá originar a transmissão de doenças, seja por ingestão, por inalação ou por contacto.Em sistemas de instalação de água potável, existe o perigo do aparecimento de bactérias do tipo Legionella, especialmente em sistemas de águas quentes sanitárias.

A solução ECOFIRMA consiste na instalação de um sistema de doseamento permanente da nossa solução de dióxido de cloro, TWINOXIDE, através de bomba doseadora, nos sistemas de água quente sanitária

Realização de Planos de Prevenção e Controlo

Combinando uma experiência inigualável em gestão de risco, capacidades abrangentes e investigação extensiva nas nossas áreas de operação especializadas, somos reconhecidos por diversos clientes no que fazemos. Trabalhando em todo o País e internacionalmente, colaboramos estreitamente com os nossos clientes para melhorar os processos de gestão da segurança da água e reduzir o risco organizacional, a fim de criar ambientes melhores e mais seguros para todos.

Cloragem com dióxido de cloro

O dióxido de cloro é um químico de nova geração, inovador, ecológico, extremamente potente e económico. A sua molécula não reage com a água mas dissolve-se fisicamente. A sua acção consiste essencialmente na oxidação irreversível do transporte de proteínas ao nível da célula da bactéria. Com o seu potencial redox elevado, o dióxido de cloro tem uma acção de desinfeção muito mais potente contra todos os tipos de germes e agentes de contaminação, tais como bactérias, vírus, fungos, algas e protozoários.

Execução de planos de Monitorização e Tratamento de água. 

Para minimizar a proliferação de Legionella pneumophila devem ser adoptadas medidas de prevenção e de controlo físico-químico e microbiológico, para promover e manter limpas as superfícies dos sistemas de água e de ar.

Para serem eficazes, as acções preventivas devem ser exercidas, desde a concepção das instalações até à sua operação e manutenção.

Os protocolos de operação e manutenção devem ter como base um bom conhecimento de todo o sistema e equipamentos, abrangendo uma inspecção regular a todas as partes do sistema, um programa de controlo e de tratamento da água do ponto de vista físico-químico e microbiológico, um programa de limpeza e desinfecção de todas as instalações e, por fim, a existência de um livro de registo sanitário para cada um destes protocolos

Marcas associadas